PC gamer: conheça melhor esse mercado e como investir!

A​ indústria​​ voltada para o público ​gamer​​ enfrenta desafios cotidianos para superar as expectativas sobre os produtos. Esta ação resulta em linhas de produto com foco maior em qualidade, que em preço.

O mercado brasileiro de PC gamer, além de grande destaque da nossa economia​, é cenário de​ grandes​ inovações tecnológicas​ que garantem o melhor desempenho para o público-alvo. ​

Pensando nisso, ​trouxemos neste artigo os aspectos mais importantes que você deve conhecer​. Confira! ​

O que realmente significa PC gamer?

Para acompanhar a evolução dos jogos — encabeçada pelos altos padrões gráficos —, os desktops e notebooks precisaram adquirir novas funcionalidades e suporte necessário para suportar os padrões exigidos por eles. A partir dessa demanda, surgiram máquinas mais robustas e que são conhecidas atualmente como PC Gamers.

Esse computador específico otimiza a experiência do usuário, tornando a jogabilidade mais realista e atrativa. Alguns dos elementos que os diferenciam das versões comuns podem ser: placa de vídeo, memória RAM, processador, placa mãe e fonte.

Qual é o público ​interessado nesse tipo de produto?

Apesar de a fatia dominante ser de jovens de 18 a 30 anos, o nível de exigência dela é alto. Para eles, o fator de decisão de compra é muito mais ligado à qualidade dos itens do que ao preço.

Essa classe consumidora pode ser divida em três partes: entrada, intermediário e alta performance. E não é à toa que a de alta performance é responsável por um total de 43% (US$ 13 bilhões) do faturamento, segundo a consultoria Jon Peddie Research (jPR). À medida que as expectativas desse consumidor crescem, maior será a renda disponibilizada para ​compras ​n​esse setor.

Quais são os principais componentes tecnológicos?

Placa de Vídeo

Sem sombra de dúvidas, elas estão na lista dos itens mais importantes para os PC gamers funcionarem com todo o seu desempenho. Sem ela, os gráficos detalhistas não rodam da mesma forma que rodaria com boas placas de vídeos.

É fundamental que elas sejam no modelo DDR5, tendo maior compatibilidade com os jogos mais famosos lançados atualmente, como as versões atuais da NVIDIA e AMD. Nas mais antigas, como a DD3, além de não suportar os novos gráficos, tendem a consumir mais energia.

Processador

O processador é também um item que deve ser escolhido com muito atenção ao montar seu PC gamer. Isso por que escolhas incompatíveis com a placa de vídeo, ele reduz o desempenho dela, tornando o jogo mais lento e travando  — efeito conhecido como gargalo.

Invista em processadores da atual família da Intel, como os da 8ª e 7ª geração. Todavia, ​é possível jogar muito bem com a 6ª geração.

Memória RAM

Essa memória é responsável p​o ​garantir maior velocidade na resposta dos comandados dados à máquina. Atualmente, o recomendado é o tamanho de 4G​, mas, se o orçamento permitir, escolha o​ 8G com suporte para DDR4.

Placa-Mãe

Hoje os componentes das marcas da Intel e AMD podem ser encontrados facilmente com custos adequados, como as versões H87 e 990FX, respectivamente.

Sendo assim, entendemos que um PC gamer considerado de alta qualidade não é necessariamente o mais caro do mercado. No entanto, para garantir essa eficácia, é fundamental que todas as peças sejam adquiridas por um fornecedor de confiança e que, ao mesmo tempo, ofereça o suporte necessário para compreender o mercado e até mesmo, assuntos técnicos ligados a tecnologia vendida.

Gostou do artigo e ficou interessado em comprar uma máquina de alta performance? Conheça quais são os produtos vendidos pela Gaúcha Distribuidora! Aproveite e assine a nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos e se manter atualizad​o nesse mercado!

Deixe uma resposta